terça-feira, 30 de novembro de 2010

"PUBLICADO NA COLUNA DA Regina Marshall, CADERNO 3 DO DN, NO DIA 30/11/2010."

As notícias que nos chegam do Interior do Estado trazem, sempre, o mesmo clichê: populações amedrontadas, homicídios, assaltos a bancos, violência crescente. Na pequena Chaval, extremo norte do Estado, as coisas melhoraram agora depois de novo juiz e novo promotor. São profissionais do melhor nível, além de a população contar com o apoio decisivo da Rádio Pontal. Um caso vem gerando enorme desconforto.

É o caso de Marcos Aurélio Magalhães, ex-presidente da Câmara, já que o MP tem contra ele provas de improbidade e desvio de verbas. Desde 2006, pediu a indisponibilidade de seus bens, a cassação de seu mandato e sua inelegibilidade. O site do TJ diz que o juiz teria mandado arquivar o processo "por falta de interesse da parte autora". Ninguém entendeu. O povo de Chaval tachou a medida de "escândalo intolerável". Ninguém se conforma que um político faça o que fez Marcos Aurélio e tudo dê em nada.

"CHARGE NO BLOG DO POETA - SINFRÔNIO"

"Internacional, RISE NA PENÍNSULA - Coreia do Sul cancela exercícios"

Seul. A Coreia do Sul cancelou exercícios militares na Ilha de Yeonpyeong, a mesma que foi atacada pelo Exército norte-coreano. A atividade estava prevista para ocorrer hoje de manhã. Os moradores receberam a recomendação de se protegerem em abrigos subterrâneos.

Segundo diplomatas sul-coreanos, a decisão não tem a ver com a Coreia do Norte, o que refuta a teoria de que eles estejam renunciando ao confronto com a vizinha.

A Coreia do Norte, na semana passada, atacou a ilha, reduto de 1.350 civis, a maioria pescadores. Dois militares sul-coreanos e dois civis foram mortos. Outras 16 pessoas ficaram feridas.

Consequências:
O presidente da Coreia do Sul, Lee Myung-bak, fez, ontem, o seu primeiro pronunciamento à nação desde os ataques norte-coreanos. Ele se responsabilizou ao dizer que não foi capaz de proteger seus cidadãos. Lee também prometeu duras consequências para o caso de qualquer agressão futura.

Se o Norte cometer alguma provocação contra o Sul, nós faremos questão de fazer com que pague um preço alto por isso", afirmou.

Detalhes sobre quais serão as "consequências" ou qual será o "preço alto" não foram fornecidos pelo presidente sul-coreano. Não houve também explicações sobre qual será a resposta da Coreia do Sul sobre o recente bombardeio.

As autoridades sul-coreanas estão sendo pressionadas a respeito de uma resposta adequada em relação ao último ataque do regime comunista dos norte-coreanos. Ainda na semana passada, como forma de aliviar a pressão, o governo trocou seu ministro da Defesa, reforçou suas tropas em Yeonpyeong e outras quatro ilhas do mar Amarelo, além de mudanças em regras militares.

"DOCUMENTOS VAZADOS - EUA: Brasil oculta terrorismo"

O fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, prometeu divulgar mais documentos nos próximos meses
FOTO: REUTERS

Nos relatórios, Dilma Rousseff é citada como a responsável pelo arquivamento de projeto de lei contra o terror

Washington. Documentos diplomáticos secretos dos Estados Unidos divulgados no último domingo pelo site WikiLeaks revelam que as autoridades brasileiras prenderam "vários indivíduos engajados em supostas atividades de financiamento do terrorismo", mas basearam sua detenção em acusações diferentes para "não chamar a atenção da imprensa e dos altos níveis governamentais".

As informações estão contidas em um relatório enviado pelo então embaixador da missão americana no Brasil, Clifford Sobel, às autoridades norte-americanas em 8 de janeiro de 2008 referente à política brasileira em relação ao combate ao terrorismo.

Os documentos americanos ainda apontam a presidente eleita, Dilma Rousseff, então ministra-chefe da Casa Civil, como a responsável pelo arquivamento de um projeto de lei contra o terrorismo em novembro de 2007. "Alguns relatos noticiosos sugeriram que a poderosa chefe de gabinete do presidente Lula enterrou o projeto de lei, que tinha sido atacado por alguns ativistas sociais e grupos que temiam que a lei fosse usada contra eles e o compararam à repressão da era militar", afirma o relatório.

China:
Outra rodada de documentos vazados afirma que a China já sinalizou que está pronta para aceitar a reunificação coreana e está, de maneira privada, se afastando do regime comunista da Coreia do Norte, que, segundo o governo chinês, "age como uma criança mimada".

Segundo os relatórios, a China invade computadores do governo americano e de aliados ocidentais, do Dalai Lama e de empresas norte-americanas desde 2002.

Reação americana:
A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, afirmou que o vazamento representa "um ataque à comunidade internacional" e "um atentado a interesses estrangeiros da política dos Estados Unidos".

A secretária ainda afirmou que novas medidas de segurança serão tomadas para evitar mais vazamentos. "Esse tipo de violação não pode e não acontecerá novamente", garantiu.

O secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, Eric Holder, informou que abriu uma investigação criminal contra o WikiLeaks.

Holder acrescentou que o governo condena o vazamento, que "põe em perigo não só indivíduos e diplomatas, mas também a relação que temos com nossos aliados no mundo todo".

O secretário não explicou, contudo, como será realizado o processo judicial, já que o WikiLeaks, em uma estratégia justamente para evitar estes procedimentos, se classifica como uma organização transnacional e mantém uma ampla rede de advogados para proteger seus funcionários e suas fontes.

Seu editor, Julian Assange, não visita os Estados Unidos desde o vazamento, em abril de 2010, de um vídeo de 2007 que mostra um helicóptero do país disparando contra um grupo em Bagdá, matando dois funcionários da agência de notícias Reuters. Ele receia ser preso. O presidente americano, Barack Obama, ordenou que todas as agências do governo revejam seus procedimentos de segurança para proteger informações confidenciais.

O que os EUA pensam:

Hugo Chávez:
O presidente da Venezuela seria um "louco" que "nem o Brasil pode apoiar"

Cristina Kirchner:
Hillary pediu informações sobre o estado mental da presidente argentina e questionou se ela tomava remédios

Silvio Berlusconi:
O premiê italiano seria "frágil física e politicamente", que não descansa apropriadamente por causa das "festas e orgias selvagens" que dá até altas horas da madrugada

Dmitri Medvedev:
Os documentos dizem que o presidente russo é "apenas o Robin do Batman", que seria o premiê Vladimir Putin, também chamado de "macho alfa"

Ali Khamenei:
O líder supremo do Irã teria leucemia em estado terminal e, segundo os documentos, pode morrer em breve

Muammar Kadhafi:
O ditador da Líbia não pode viajar se não o fizer acompanhado de uma "voluptuosa enfermeira ucraniana". Ele teria medo de pernoitar em andares altos de edifícios e usaria botox

"COMBATE AO TRÁFICO - Policiais realizam varredura no morro do Alemão"

A polícia presente no Complexo de Favelas do Alemão realizou ontem uma cuidadosa operação de varredura nas casas dos moradores. Todos que entravam e saíam eram vistoriados
FOTO: REUTERS

O Exército deverá permanecer na Vila Cruzeiro e no Complexo do Alemão por até sete meses

Rio de Janeiro. Apesar do clima de aparente tranquilidade, a Polícia ainda realizou ontem uma cuidadosa operação de varredura nas casas dos moradores do Complexo do Alemão, na Penha, zona norte do Rio de Janeiro. O governador Sérgio Cabral (PMDB) afirmou ontem que já existe um acordo entre o governo do Estado e o Ministério da Defesa para que o Exército policie os recém-reconquistados territórios da Vila Cruzeiro e do Complexo do Alemão até que seja possível instalar duas UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) nas comunidades. Cogitou-se um período de até sete meses a permanência de homens Exército nas favelas do Rio.

O comandante-geral da PM (Polícia Militar), coronel Mário Sérgio Duarte, afirmou que, mesmo após a tomada do território, as buscas aos traficantes no Alemão devem durar mais alguns dias, talvez meses. Em algumas áreas da comunidade, as casas e o comércio ainda estão sem água e sem luz.

Em nota, a Light, concessionária de energia elétrica do Rio, informou que os técnicos continuam trabalhando para restabelecer completamente o fornecimento de energia em algumas localidades do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro, "mas seguindo as orientações da Secretaria Estadual de Segurança do Rio de Janeiro".

O relações públicas do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), capitão Ivan Blaz, afirmou que ainda há regiões onde os bandidos estão oferecendo resistência e há troca de tiros.

As equipes da prefeitura limpam, gradativamente, as vielas e ruas do Alemão. Moradores relataram que a Polícia está limitando a coleta, para checar se há entorpecentes ou armas descartadas ou escondidas no meio dos resíduos.

Com o apoio das Forças Armadas, a Polícia ocupou o Complexo do Alemão praticamente sem resistência dos traficantes na manhã de domingo (28), após uma série de atentados ocorridos na cidade desde o dia 21, com 106 veículos queimados, atribuídos justamente a uma resistência dos criminosos à instalação de UPPs em 13 favelas cariocas. Moradores que entram na comunidade e deixam o local, assim como motos e carros, continuam sendo revistados pelos policias.

Balanço:
As operações nos morros e favelas começaram após uma série de ataques e incêndios a veículos. Até a tarde desta segunda-feira, havia o registro de pelo menos 51 mortos durante as operações policiais para conter a onda de violência. Houve a prisão de 123 acusados e a detenção de 130 suspeitos e apreensão de 164 armas e 77 granadas ou bombas caseiras, de acordo com balanço parcial.

A Polícia Civil fez na manhã de ontem mais apreensões no Complexo do Alemão. Foram apreendidos 45 kg de maconha, 1 kg de crack, balanças de precisão, máquinas caça-níqueis e motocicletas.

Balanço divulgado domingo (28) aponta que a Polícia já apreendeu cerca de 40 toneladas de maconha, 200 kg de cocaína, 10 kg de crack, 500 frascos de lança-perfume, 10 mil munições de diversos calibres, 50 coletes à prova de bala, 16 metralhadores e 50 fuzis.

Ocupação:
Segundo o governador Sérgio Cabral, a solicitação ao Ministério da Defesa para a permanência dos militares, quando formalizada, deve requisitar as tropas por um período de 6 a 7 meses.

A previsão é que as duas UPPs mobilizem entre 2.000 e 3.000 homens da Polícia Militar, a serem escolhidos entre os 7.000 novos policiais que se formarão em 2011.

A função do Exército, diz Cabral, será "um policiamento ofensivo permanente" na fase de transição até a implantação das UPPs. Em outras comunidades já pacificadas, essa tarefa coube ao Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais da Polícia Militar).

Criadas em 2008, as UPPs consistem em postos de policiamento comunitário instalados em favelas para garantir a manutenção da paz após operações policiais que desmantelaram o tráfico nesses locais.

As 13 UPPs já em atividade no Rio têm um efetivo de 2.272 policiais. Sozinha, a que será instalada no Alemão terá cerca de 2.000, ou 5% do efetivo da polícia no Estado.

Até agora, a maior UPP em funcionamento era a da Cidade de Deus, inaugurada em 2009, com 326 policiais.

Balanço:
40 toneladas de maconha, 200 kg de cocaína, 10 kg de crack, 10 mil munições de diversos calibres, 50 coletes à prova de bala, 16 metralhadores e 50 fuzis foram apreendidos.

123 pessoas acusadas de participar das ações do trafico no Rio foram presas e houve a detenção de 130 suspeitos, além da apreensão de 77 granadas ou bombas caseiras.

INVESTIGAÇÃO:
Galerias usadas para fuga

Rio de Janeiro. O Jornal Nacional exibiu ontem uma reportagem no qual a Polícia encontrou indícios de fuga dos criminosos do Complexo de Favelas do Alemão por uma rede de esgoto. As galerias que podem ter sido usadas como rota de fuga de traficantes no Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, têm trechos altos o bastante para que um homem de até 1,70m ande sem se curvar. A Polícia passou a investigar se a obra de saneamento teria sido usada pelos criminosos após denúncia de morador feito ao disque-denúncia.

A rede de águas pluviais se mistura ao esgoto da favela. Uma equipe do Jornal Nacional entrou na galeria ontem com o capitão Ivan Blaz, do Bope.

Dentro da galeria, foram encontrados papéis usados para embalar cocaína, sinal de que os criminosos podem ter passado por lá. São quilômetros de túneis que se estendem por toda a comunidade.

Pela rede de esgoto seria possível seguir pelos túneis até o bairro do Engenho da Rainha e sair numa das principais avenidas da região, a dois quilômetros da área do conflito. Para o capitão do Bope, dessa maneira eles poderiam sair sem chamar atenção de ninguém.

Blaz afirma que os bandidos podem ter planejado com antecedência uma eficiente rota de fuga. O coronel Paulo Henrique Moraes, comandante do Bope, afirma que há sinais de que o projeto da rede de esgoto foi alterado, a pedido de traficantes, para facilitar a fuga.

Presídios federais

Desde o início da onda de violência no Rio de Janeiro, há duas semanas, o Sistema Penitenciário Nacional já recebeu 20 presos acusados de envolvimento em ações criminosas dos últimos dias.

O Ministério da Justiça colocou à disposição do Rio 50 vagas, mas esse número pode ser aumentado caso o governo do estado considere necessário.

Os presos o Rio de Janeiro foram enviados para a Penitenciária Federais em Catanduvas, no Paraná. Enquanto isso, os traficantes que estavam presos lá foram removidos para a unidade federal em Porto Velho.

"MINISTÉRIO DA DEFESA - Jobim aceita convite de Dilma"

O ministro da Defesa se reuniu com a presidente eleita na última sexta-feira e acertaram sua permanência no cargo
FOTO: ABR

O presidente Lula já havia sugerido a Dilma a manutenção de Jobim, que conduz uma reforma da política de defesa

Brasília. O ministro da Defesa, Nelson Jobim, continuará no posto no governo de Dilma Rousseff. Jobim recebeu e aceitou o convite da presidente eleita em reunião na última sexta-feira. Dilma e Jobim acertaram, nesse encontro, a retirada da área de aviação civil do Ministério da Defesa.

O objetivo de Dilma é remodelar o setor, abrindo o capital à iniciativa privada e acelerando a construção de aeroportos para a Copa-2014 e a Olimpíada-2016.

Será criada uma secretaria especial, provavelmente com status de ministério, para cuidar desses assuntos. Responderão à nova pasta a Infraero, estatal que administra aeroportos, e a Anac, agência reguladora do setor.

O presidente Lula sugeriu a Dilma a manutenção de Jobim, que conduz uma reforma da política de defesa.

Para Lula, o passado de guerrilheira de Dilma precisava ser levado em conta. O presidente avalia que uma substituição nessa área poderia gerar atritos com as Forças Armadas - e que Jobim tem perfil conservador e agrada aos militares.

Tanto Lula como Dilma acham, também, que Jobim tem atuado bem nas tratativas com as Forças Armadas para dar apoio ao governo do Rio de Janeiro no combate ao crime organizado.

Dilma e seus assessores retomaram ontem as negociações sobre o primeiro escalão com os partidos aliados.

Já foram anunciados os quatro principais nomes da área econômica - Guido Mantega (Fazenda), Alexandre Tombini (BC), Miriam Belchior (Planejamento) e Luciano Coutinho (BNDES). Antonio Palocci e Gilberto Carvalho aceitaram convite para o núcleo político - provavelmente na Casa Civil e na Secretaria Geral, respectivamente. Outro nome confirmado é José Eduardo Cardozo, quase certo na Justiça. Alexandre Padilha, das Relações Institucionais, é outro ministro que deverá continuar em seu posto.

No atual desenho do ministério de Dilma, o atual ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, comandará as Comunicações. André Barbosa, assessor especial da Casa Civil para assuntos de radiodifusão, deverá ser o secretário-executivo da pasta.

Fernando Pimentel, ex-prefeito de Belo Horizonte, é nome certo no governo. Está cotado para a pasta da Previdência ou para a do Desenvolvimento, Indústria e Comércio.

"INAUGURAÇÃO SIMULTÂNEA - Falta internet nos IFCEs para videoconferências com Lula"

Na sede do IFCE de Crateús não aconteceu nenhuma programação especial de inauguração
FOTO: SILVANIA CLAUDINO

No Ceará, são três novos campi do IFCE, que já funcionam nos Municípios de Crateús, Canindé e Acaraú

Crateús. Ao contrário do que estava previsto pela Presidência da República, a inauguração simultânea de 30 unidades dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCEs) no País, por meio de videoconferências, não aconteceu no Ceará devido à falta de sinal pela internet. No Estado, deveriam ser inaugurados os IFCEs de Crateús, Acaraú e Canindé, porém, sem internet, a solenidade foi inviabilizada.

Em Crateús, houve tentativa para entrar na web, mas não foi possível acompanhar a solenidade simultânea que ocorreu pela manhã em Brasília, conduzida pelo presidente Lula. "Tentamos de todas as formas, mas as condições de internet aqui no Município não possibilitaram a transmissão", lamentou o chefe do departamento de ensino da unidade de Crateús, Marcos Lemos.

O diretor-geral do campi de Crateús, Francisco Charles Teixeira, participou da solenidade em Brasília, juntamente com a aluna Andresa Gomes Mota, que cursa licenciatura em Matemática. Ela fez o discurso representando todos os alunos dos IFCE que estavam sendo inaugurados. Andresa reside no vizinho Município de Novo Oriente e estuda no IFCE Crateús.

Em seu discurso, a aluna salientou o fato de que, com o equipamento, os jovens da região de Crateús não mais precisam se deslocar para Fortaleza a fim de dar continuidade aos seus estudos. "É uma alegria termos acesso a uma instituição federal em nossa própria região", diz.

Para Marcos Lemos a inauguração oficializa e torna pública uma realidade educacional que irá mudar a região. "É a implantação do que foi planejado, e mais do que isso, é a consolidação de um sonho", declarou.

O campi Crateús está em funcionamento desde o mês de setembro, atendendo a 105 alunos no curso superior de licenciatura em Matemática e Química e Edificações, de nível médio.

De acordo com o diretor de ensino, a instituição está atualmente preparando o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), que prevê as estratégias de funcionamento do campi de Crateús para os próximos cinco anos. O plano prevê a implantação dos seguintes cursos de nível superior, até 2015: licenciaturas em Física, Química, Biologia, Letras com habilitação português/inglês, Artes Visuais e Tecnólogo em Agroecologia. Cooperativismo, Reciclagem, Apicultura e Técnico em Análises Clínicas são os cursos de nível médio que estão no PDI. A previsão é que a cada semestre 420 novos alunos sejam atendidos pelo campi.

Em Acaraú, também não aconteceu a videoconferência de inauguração do IFCE porque não houve acesso à internet. Nesta cidade, o Instituto Federal ainda funciona em local improvisado, com três cursos, dois deles no CVT e um outro curso no Liceu da cidade. As obras do prédio definitivo da unidade estão com 80% prontos. O funcionamento do novo prédio está previsto para fevereiro de 2011, quando vai iniciar a programação de aulas.

Haverá a implantação dos cursos técnicos em Construção Naval, em Serviço de Restaurante e Bar e o curso superior em Ciências Biológicas, além dos cursos de licenciatura em Física e Ciências Biológicas.

De acordo com a coordenadora pedagógica, Kézia Dante, para o próximo ano estarão em funcionamento três turmas pela manhã e seis no horário noturno, cada uma das turmas com cerca de 40 alunos. "A maioria dos cursos tem duração de dois anos e é subsequente ao Ensino Médio, ou seja, o candidato já tem que, até a data do concurso, concluída esta etapa de escolaridade", disse Kézia Dante.

Assim como em Crateús e Acaraú, em Canindé a falta de sinal da internet inviabilizou a videoconferência de inauguração. O campus Canindé entrou em funcionamento no dia 15 de março de 2010, utilizando instalações provisórias. Desde outubro está no seu endereço definitivo na BR-020, Km 303, Jubaia. Possui 202 alunos distribuídos em quatro cursos.

"NESTE ANO - Déficit da Previdência deve fechar em R$ 43 bi"

Para ministro Gabas, crescimento na arrecadação é previsível
FOTO: AGÊNCIA BRASIL

Brasília. O crescimento econômico e os sucessivos recordes na formalização do emprego no País fizeram com que o déficit da Previdência Social tivesse, em outubro, uma redução de 25,7% em relação a igual período de 2009.

Mesmo assim, a previsão do ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, é de que o rombo feche o ano de 2010 na casa dos R$ 43 bilhões.

No mês passado, o déficit na Previdência totalizou R$ 2,172 bilhões. Esse número corresponde à diferença entre a arrecadação do montante R$ 17,563 bilhões e a despesa total de R$ 19,736 bilhões.

Previsibilidade:
"Mais uma vez, o crescimento da arrecadação é previsível, baseado no mercado de trabalho no Brasil. A economia cura qualquer mal, principalmente, a falta de dinheiro", afirmou o ministro Carlos Eduardo Gabas.

Com o resultado de outubro, a Previdência Social acumula no ano um déficit de R$ 42,678 bilhões, valor 3,6% menor do que nos 10 primeiros meses de 2009 (R$ 44,254 bilhões).

"INTERNET GRATUITA - Cinturão Digital inicia-se até janeiro"

Projeto deverá contemplar as sedes de todos os 184 cidades cearenses e custou R$ 47 milhões

O Cinturão Digital, que vai levar internet banda larga de graça para 80% da população do Estado, já iniciou a sua fase de testes. A previsão é que entre em funcionamento até janeiro. É o que garante o secretário, em exercício, da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag), Reno Ximenes.

"Toda a estrutura física do projeto já está concluída. Agora falta finalizar os testes para que o Governador do Estado, Cid Gomes, possa inaugurar a transmissão de internet de graça para o Ceará", afirmou o secretario da Seplag.

Ele explicou que o cabo de fibra ótica, que levará a internet para todo o Estado, terá inicio em Fortaleza e depois segue para Sobral, passa pelo Vale do Jaguaribe e retorna para a Capital. "Todo o projeto do Cinturão Digital recebeu um investimento de R$ 47 milhões e deverá contemplar as sedes de todos os 184 municípios cearenses", comentou Ximenes.

Com o objetivo de conectar, por meio de fibra óptica, departamentos públicos e escolas estaduais, o Cinturão Digital é um projeto que vai incluir sinal sem fio, o que corresponde à tecnologia WiMax.

Além disso, terá a transmissão, quando possível, de sinal via rede elétrica, tecnologia conhecida como Power Line Communication (PLC) caracterizada como uma tecnologia de Rádio Frequência (RF) que utiliza a rede elétrica de distribuição como meio de transporte para a transmissão de dados em uma alta velocidade.

Cerca de 80% da área urbana do Ceará passarão a ter brevemente acesso a serviços digitais em alta velocidade. A obra teve inicio em 2008 e tinha previsão de conclusão para dezembro de 2009. O Governo afirma que trata-se da universalização da internet de banda larga no Ceará através de uma rede de fibra ótica que vai circundar o Estado de norte a sul e de leste a oeste.

A iniciativa vai permitir a implantação de uma tecnologia banda larga sem fio e nas pontas uma telefonia sem fio com raio de até 30Km, dependendo da geografia do local.

Além disso, o governo informou que rede vai gerar uma redução de custos para o próprio governo, na medida em que economizarão nos custos de banda larga, telefonia.

Também afirmou que, em outro momento, beneficiará a população cearense, que a partir da criação da rede, com investimentos de R$ 47 milhões, vai ter acesso mais barato a tecnologia fornecida por empresas privadas do setor.

CEARÁ
Lan houses serão regulamentadas

O número de lan houses tem crescido em Fortaleza e no restante do Estado. Esses locais preocupam o Governo pois, sem regulamentação, não são obrigados a ter registro de quem utiliza os seus computadores. Assim podem servir como base para a prática de diversos crimes virtuais.

Por isso, a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag) constituiu um grupo de trabalho que terá a responsabilidade de elaborar toda a regulamentação jurídica na área do uso e funcionamento de lan houses e cybercafés no Ceará.

O secretario em exercício da Seplag, Reno Ximenes, explicou que a ideia é de que qualquer pessoa que for utilizar um computador em uma lan house deva se identificar com a carteira de identidade e também com o Cadastro de Pessoa Física (CPF), além de registrar o horário.

"O intuito é acabar com o anonimato dos crimes de internet feitos em lan houses. Alguns pedófilos e hackers utilizam esses locais, o que dificulta a sua identificação", disse Ximenes.

A medida será realizada agora com o objetivo de criar um marco regulatório na área no Estado, por conta da inauguração, do projeto Cinturão Digital, em janeiro

O secretario afirmou que até o dia cinco de dezembro o grupo de trabalho deverá apresentar a proposta para a elaboração de um estudo técnico. Em seguida, o projeto será apresentado ao Governador do Estado.

A assessora comunitária do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca), Mara Carneiro, acredita que a medida vai ajudar a diagnosticar quem comete um crime virtual contra crianças. "Essa é a parte mais difícil do processo".

"OI LANÇA PROMOÇÃO PARA PRÉ-PAGO"

A Oi lançou uma promoção de Natal para os clientes do Oi cartão. A oferta possibilita que o valor da recarga mensal se transforme em bônus de R$ 30,00 diários e R$ 900,00 mensais. Esse bônus pode ser usado para enviar mensagens de texto para aparelhos de qualquer outra operadora, fazer ligações locais e interurbanos para Oi Fixo e Oi Móvel. Outra novidade é que o beneficio não possui restrição, ficando a critério do cliente o seu uso dentre as opções oferecidas. Para aproveitá-lo integralmente, a recarga deve ser feita no primeiro dia do mês.

Postado por Tadeu Nogueira às 18:07h
Com informações do Portal Exame

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

"Cid e Ciro Gomes podem trocar PSB por PRB de olho no Planalto em 2014"

Governador não confirma mudança e nem comenta confronto com presidente do PSB, Eduardo Campos
Por: Donizete Arruda

O governador Cid Gomes e o deputado federal Ciro Gomes estariam deixando o PSB e migrando para o PRB. Essa mudança partidária foi anunciada neste final de semana em matérias publicadas nas duas principais revistas nacionais, a Veja e a Época.

Em Brasília, há um mantra seguido pelos políticos: jabuti não sobe em árvore. Ciente dessa verdade, há a necessidade de uma pergunta: quem repassou essa mesma notícia sobre o destino políticos dos irmãos Ferreira Gomes para as duas maiores revistas do Brasil?

A resposta deve excluir o governador Cid Gomes e seu irmão Ciro que estão em rota de colisão com Veja. Então, as suspeitas recaem em políticos do PSB que teriam interesse na saída de Cid e Ciro do atual partido deles. Ou a última opção, o vazamento seria de políticos que foram informados de movimentação de Cid e Ciro Gomes rumo ao PRB e teriam divulgado para criar constrangimentos visando acelerar ou impedir a saída deles.

Somente com um posicionamento do governador Cid Gomes e de seu irmão Ciro Gomes a verdade irá ser conhecida. Contudo, pelos indícios levados à imprensa fica claro que a relação entre os caciques do PSB cearense com o presidente nacional da sigla, o pernambucano Eduardo Campos mostra claros sinais de uma relação em crise.

Leia mais sobre esse assunto no Blog do Donizete Arruda.

"HAITI - Candidatos pedem anulação de eleição"

Mirlande Manigat, uma das candidatas favoritas, vota no Haiti; houve denúncias de fraude e desorganização
FOTO: REUTERS

Porto Príncipe. Doze dos 19 candidatos às eleições presidenciais no Haiti pediram, ontem, que o pleito seja anulado devido a supostas fraudes e informações de que um grande número de eleitores não conseguiu chegar aos locais de votação.

Os candidatos denunciaram assinaram um manifesto denunciando irregularidades, e pediram que seus apoiadores se mostrem descontentamento nas manifestações contra o governo.

O pedido dos candidatos inclui também Jude Celestin, que tem o apoio do partido do Presidente Rene Preval. "Está claro que Preval e o Conselho das Eleições não estão preparados para o pleito", afirmou a candidata Anne Marie Josette Bijou, que redigiu o manifesto dos candidatos pedindo a anulação das eleições.

A união entre vários candidatos poderá levantar dúvidas sobre a legitimidades das eleições, a primeira desde o terremoto ocorrido em janeiro deste ano, que destruiu grande parte da capital, deixando mais de um milhão de pessoas desabrigadas. A votação também acontece em meio a uma epidemia de cólera, que já matou cerca de 2 mil pessoas.

De acordo com as denúncias, eleitores em todo o país encontraram locais de votação fechados poucas horas depois de as eleições terem começado, ou não conseguiram votar por não encontrarem seus nomes nas listas. Também foram reportados relatos de violência e intimidação e urnas de votação foram roubadas e seu conteúdo espalhado nas ruas da capital.

Ainda não está claro se os problemas resultam de fraudes ou de falta de organização, que piorou depois do terremoto. Os resultados preliminares das eleições não devem sair antes do dia sete de dezembro.

A ex-primeira-dama, Mirlande Manigat, de 70 anos, aparece na frente nas pesquisas de opinião, mas não há um favorito claramente definido, o que aumenta a probabilidade de a disputa ir ao segundo turno, em 16 de janeiro.

"DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA - Começam ações conjuntas"

A principal peça que participa das manobras é o porta-aviões nuclear americano "George Washington", que pode transportar 75 aeronaves, inclusive dois caças-bombardeiros
FOTO: REUTERS

Em resposta ao exercícios militares da Coreia do Sul e dos EUA, a Coreia do Norte posicionou mísseis

Seul. Estados Unidos e Coreia do Sul deram uma demonstração de força, ontem, ignorando as ameaças da Coreia do Norte a respeito de suas manobras militares conjuntas, o que elevou a tensão na península.

De acordo com um porta-voz do Pentágono, as operações conjuntas "são de natureza defensiva e destinadas a reforças a dissuasão contra a Coreia do Norte", e "não são dirigidas contra a China".

A principal peça do equipamento aeronaval é o porta-aviões nuclear "George Washington", que pode transportar 75 aviões, entre eles dois caças-bombardeiros.

Segundo fontes militares sul-coreanas, a Coreia do Norte realizou, ontem, disparos de artilharia dentro de território norte-coreano, nas proximidades da ilha sul-coreana de Yeonpyeong, que voltaram a obrigar aos residentes a refugiar-se nos bunkers.

Além disso, Coreia do Norte posicionou mísseis terra-terra sobre plataformas de lançamento no Mar Amarelo, com alcance de 95 quilômetros, mísseis terra-ar, do modelo soviético SA-2, com alcance de entre 13 e 30 quilômetros, e mantém suas posições de artilharia prontas para combate.

Preocupada, a China convocou uma reunião de emergência para discutir a situação na península asiática.

Pequim sugeriu que os seis países que participam das negociações sobre o programa nuclear norte-coreano (as duas Coreias, EUA, Japão, Rússia e China) se reúnam no começo de dezembro, advertindo que a comunidade internacional está "profundamente preocupada" com a atual situação na península coreana.

A Coreia do Sul rejeitou a proposta. "Agora não é hora de discutir um encontro multilateral", respondeu o porta-voz do governo sul-coreano Hong Sang-pyo. Ele afirmou que a mesma proposta já havia sido rejeitada durante encontro de uma missão chinesa com o presidente Lee Myung-bak.

Como já sabiam da rejeição de Seul, a proposta foi uma tentativa chinesa de "salvar as aparências" em meio à pressão internacional para que Pequim atue para conter a Coreia do Norte, segundo analistas ouvidos pela agência estatal Yonhap.

Ameaça:
95 quilômetros é o alcance dos mísseis terra-terra posicionados pela Coreia do Norte. As posições de artilharia do país estão prontas para combate.

"CÚPULA DA ONU - EUA ordenaram espionagem"

O Departamento de Estado americano pediu dados pessoais do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon
FOTO: REUTERS

Documentos vazados mostram que líderes americanos pediram até o DNA de candidatos a presidente do Paraguai

Washington. Os Estados Unidos pediram a espionagem de líderes da Organização das Nações Unidas (ONU). Líderes árabes solicitaram um ataque aéreo ao Irã. No Paraguai, as autoridades americanas ordenaram até o DNA de quatro candidatos à Presidência.

Essas informações diplomáticas começaram a ser divulgadas, ontem, pela imprensa internacional, a partir de mais de 250 mil comunicados confidenciais de embaixadas americana, a maioria dos três últimos anos, vazados pelo site WikiLeaks.

A divulgação pode jogar os Estados Unidos em uma crise diplomática mundial, já que os documentos revelam a avaliação de Washington sobre vários assuntos internacionais extremamente delicados. Isso inclui uma grande mudança de relações entre a China e a Coreia do Norte, o aumento da instabilidade no Paquistão e detalhes de esforços clandestinos do país para combater a rede terrorista Al Qaeda no Iêmen.

Os Estados Unidos queriam conhecer a rotina dos funcionários da ONU, seus cartões de crédito, e-mails e telefones. O Departamento de Estado americano pediu no ano passado aos funcionários de 38 embaixadas e missões diplomáticas uma relação detalhada de dados pessoais e de outra natureza sobre as Nações Unidas, inclusive sobre o secretário-geral, Ban Ki-moon, e especialmente sobre os funcionários e representantes ligados ao Sudão, Afeganistão, Somália, Irã e Coreia do Norte.

A equipe diplomática e consular credenciada na ONU e nos países afetados pelas instruções foram encarregados de realizar a "espionagem branda", segundo comunicados classificados como secretos. Os despachos pedem "inteligência humana", dados conseguidos em contatos pessoais ou em relações informais. Também foram solicitadas informações biográficas, biométricas e financeiras sobre líderes palestinos.

Instruções para uma espionagem semelhante foi enviada a outros países. A embaixada de Assunção teve que recolher dados físicos dos aspirantes à Presidência do Paraguai em 2008. Isso incluiu até scanner da íris, impressões digitais e DNA de quatro candidatos.

Dados solicitados:
Objetivos e atividades palestinas relacionadas com as políticas dos EUA sobre o processo de paz e o combate ao terrorismo

Informações biográfica, biométrica e financeira sobre os líderes palestinos e do Hamas

Planos e atividades concretas do Reino Unido, França, Alemanha e Rússia sobre as políticas da Agência Internacional de Energia Atômica

Intenções dos líderes e países mais influentes da ONU, especialmente Rússia e China, sobre direitos humanos no Irã, sanções ao Irã, fornecimento de armas iranianas ao Hamas e Hizbollah e sobre as candidaturas que o Irã apresenta para ocupar postos-chave na ONU

A Casa Branca atacou a divulgação dos documentos diplomáticos, referindo-se a "uma ação negligente e perigosa" que põe vidas em risco pelo mundo.

"Para sermos claros, estas revelações põem em risco nossos diplomatas, profissionais de inteligência, e pessoas em todo o mundo que veem aos Estados Unidos para ajudar a promover a democracia e o governo aberto", declarou o secretário de imprensa da Casa Branca, Robert Gibbs, em um comunicado.

O presidente Barack Obama "apoia um governo aberto, responsável e confiável em casa e em todo o mundo, mas esta ação negligente e perigosa vai contra este objetivo", acrescentou Gibbs. "Condenamos nos termos mais fortes a revelação não autorizada de documentos secretos e informações de segurança nacional", finalizou.

"COP 16 - Lula cancela ida a reunião climática"

O presidente desistiu de comparecer à conferência porque nenhum chefe de Estado europeu estará presente
FOTO: REUTERS

Brasília. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cancelou sua viagem para a Conferência do Clima (COP 16) em Cancún, no México. Oficialmente, a justificativa é a "intensa agenda doméstica no fim do ano".

No entanto, a verdadeira razão é o esvaziamento absoluto do encontro, já que nenhum chefe de Estado europeu vai comparecer. Mesmo querendo, Lula não teria com quem negociar a agenda ambiental.

Com a desistência, o presidente decidiu comparecer à 10ª Cúpula Ibero-Americana, nos próximos dias 3 e 4, em Mar Del Plata (Argentina), e deverá levar consigo a presidente eleita Dilma Rousseff para apresentá-la aos demais chefes de Estado da região.

Estrela do encontro em Copenhague, no ano passado, o presidente acreditava poder levar adiante as conversas que se iniciaram na COP 15 e não foram vingaram. Na Dinamarca, o Brasil foi um dos principais negociadores e saiu com crédito por ter feito propostas que poderiam ter levado a um acordo, não fosse a intransigência de países como Estados Unidos e China.

A COP 15 era encarada como a maior oportunidade para fechar um acordo internacional, o que não aconteceu. Neste último ano, o interesse pelo tema diminuiu e a COP 16 se tornou um encontro totalmente esvaziado. Lula, que contava com Cancún para ser o seu último grande ato de negociação como presidente, desistiu.

Desafios:
Para a ministra do Meio Ambiente, Isabela Teixeira, existe a possibilidade de uma convergência de ideias no encontro de Cancún. Ela acredita que vá se repetir o êxito obtido da 10ª Conferência das Partes da Convenção sobre Biodiversidade, da Organização das Nações Unidas (ONU), encerrada em Nagoya, no Japão. "Tenho uma visão otimista e pragmática em torno de pontos que devem avançar", disse a ministra, logo após participar do Fórum Biodiversidade pós COP-10, promovido pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (Cebds) e pela companhia Syngenta.

Na avaliação da ministra, um dos desafios que devem ser enfrentados por Dilma é colocar em prática as metas estabelecidas em Nagoya, onde foi assinado o protocolo de acesso e divisão de benefícios para a preservação de plantas e animais.

"LUTA CONTRA O TRÁFICO - Na lista: Vidigal e Rocinha

Soldados durante a ação no Complexo do Alemão; José Beltrame afirma que a área permanecerá policiada
FOTO: REUTERS

Secretário de Segurança afirma que o Complexo do Alemão continuará ocupado e comemora operação

Rio de Janeiro. O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, afirmou que os próximos passos da estratégia de combate ao tráfico no Rio incluirá as comunidades do Vidigal e Rocinha, localizadas na zona Sul da cidade. Beltrame enviou um recado para os bandidos: "Quem apostar na derrota, vamos dobrar a aposta".

Ele comemorou o resultado da operação na Vila Cruzeiro e Alemão, mas frisou os desafios da política de segurança no Rio. "Não resolvemos todos os problemas, a caminhada é muito grande, não tem jogo ganho, não tem partida ganha, há muito o que fazer, mas já demos um passo importantíssimo", disse.

Indagado por jornalistas sobre uma possível manutenção da força dos traficantes que conseguiram fugir da Vila Cruzeiro e do Alemão, Beltrame disse que mesmo os que escaparam estão enfraquecidos. "Há marginais presos e posso garantir que os que fugiram, sem arma, sem casa, sem território, são muito menos marginais do que eram antes", ressaltou.

Ele ainda prometeu que o Complexo do Alemão continuará ocupado. "Podemos garantir que aquela área vai permanecer ocupada e policiada", afirmou ele, que chamou o território resgatado de "o coração do mal".

Página virada:
O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, afirmou que a reconquista do território do Complexo do Alemão é um passo fundamental e decisivo na política de segurança pública traçada para o Rio de Janeiro.

Cabral acrescentou que as operações policiais estão virando uma página na história do Estado, mas lembra que esse é um trabalho de médio e longo prazos. Segundo ele, o Rio está sendo recuperado de uma situação de décadas de mazelas.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, parabenizou o policiamento envolvido na operação. Estou muito orgulhoso como prefeito e carioca por esse momento histórico, que significa a libertação de milhares de pessoas de bem que eram reféns de criminosos covardes", afirmou.

CAPTURA IMPORTANTE:
Assassino de Tim Lopes é preso após 3 anos foragido

Rio de Janeiro. Um dos assassinos do jornalista Tim Lopes e foragido da Justiça desde 2007, o traficante Elizeu Felício de Souza, o Zeu, de 31 anos, foi preso por policiais do 17.º Batalhão da PM (Ilha do Governador), na localidade do Coqueiro, no Complexo do Alemão.

Foi uma das mais importantes capturas durante a ocupação do complexo. O traficante deve ser transferido hoje para um dos presídios federais do País, segundo o presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargador Luiz Zveiter.

Zeu foi achado a partir de informações de moradores, que zombaram do traficante quando ele se entregou. "Cadê o machão, Zeu?", gritavam alguns enquanto o criminoso era levado pela polícia. De acordo com o comandante do 17.º BPM, tenente-coronel Marcos Neto, Zeu foi encontrado desarmado e sozinho. Ele ainda tentou esboçar resistência, não queria sair de casa, mas, após negociar com os PMs, rendeu-se.

Zeu havia sido condenado como o homem responsável por comprar o combustível usado para queimar o corpo do jornalista Tim Lopes. Repórter da TV Globo, Tim produzia reportagem sobre a exploração sexual de menores em bailes de traficantes na Vila Cruzeiro, quando foi capturado, torturado e morto pela quadrilha liderada por Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, em junho de 2002.