quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

"GOVERNO DE DILMA - Leônidas irá para Portos"

Leônidas Cristino foi eleito deputado federal em 1995 e 2002 e está à frente da administração de Sobral desde de 2004

O governador Cid Gomes passou dois dias em Brasília articulando a indicação do prefeito de Sobral

Brasília (Sucursal) - Depois de dois dias de negociações em Brasília, o governador do Ceará, Cid Gomes, conseguiu emplacar sua indicação, mas não levou o almejado ministério.

A equipe da presidente eleita, Dilma Roussef confirmou na tarde de ontem que o PSB, partido de Cid Gomes ficará com a Secretaria dos Portos e que Dilma desistiu de elevar o status da secretaria para ministério, ao deixar de trazer para o seu bojo o controle aeroviário, que continuará nas mãos do Ministério da Defesa.

Cid passou dois dias em Brasília articulando a indicação do prefeito de Sobral, Leônidas Cristino para o que seria o Ministério dos Portos e Aeroportos.

A resistência criada dentro da própria bancada do PSB quanto à indicação de Cristino foi decisiva para impedir a criação de mais um ministério no governo Dilma. A princípio cotado para o cargo, o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) reclamou abertamente do fato de a bancada socialista ter sido preterida para que um indicado da família Gomes ocupasse o novo ministério.

Ainda de acordo com a equipe de Dilma Roussef a presidente eleita não desistiu de sua ideia de criar futuramente o Ministério de Portos e Aeroportos.

Nos corredores em Brasília a especulação é de que a falta de prestigio do PSB no governo Dilma ocorreu à intransigência do senador sergipano, Antônio Carlos Valadares (PSB) que recusou ocupar uma pasta para abrir vaga para o seu suplente, o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra.

PSB:
O PSB termina a montagem do governo somente com um ministério, o da Integração Nacional, que ficará a cargo de Fernando Bezerra, indicado pelo presidente do partido, Eduardo Campos e uma secretaria apesar do seu crescimento nas ultimas eleições, onde o partido conseguiu eleger governadores em seis estados: Espírito Santo, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Piauí e Amapá. E ampliar sua bancada dos atuais 27 deputados no Congresso Federal para 34 a partir de fevereiro.

Novo secretário de Portos:
José Leônidas de Menezes Cristino nasceu em Coreaú, no dia 03 de junho de 1957. É casado com a advogada, Maria Esther Frota Cristino, com quem tem dois filhos: José Leônidas de Menezes Cristino Filho, 17 anos, e Larissa Maria Frota Cristino, 15 anos de idade. O novo ministro é engenheiro civil e se dedicou desde o início de sua carreira à engenharia rodoviária.

Foi secretário dos Transportes, Energia, Comunicações e secretário de Obras do Estado, tendo sido eleito como deputado federal pela primeira vez em 1995 e 2002. Em outubro de 2004 foi eleito Prefeito Municipal de Sobral, com 53,41% dos votos válidos. Sendo reeleito em 2008.

ANE FURTADO
REPÓRTER DN.

Um comentário:

  1. MUITO BOM ! Adorei o seu blog ! Visite o meu blog sobre tênis e retribua o comentário ! : breakpointbrasil.blogspot.com/ - SIGA MEU BLOG E MEU TWITTER, que eu sigo o seu de volta !twitter @breakpointbr, caso queira seguir. Se puder me LISTE :-)

    Obrigado !

    ResponderExcluir